fbpx

recrutamento e seleção é uma vertente do setor de RH (Recursos Humanos) que tem como objetivo selecionar e contratar os colaboradores certos para uma determinada vaga de emprego dentro de uma empresa.

O processo de recrutamento e seleção de pessoas funciona como uma avaliação com várias etapas, entre elas a entrevista, testes de habilidades e até mesmo o de compatibilidade do candidato com o fit cultural da empresa.

Presente dentro da sociedade desde o capitalismo de diferentes maneiras, esse certamente é um dos processos mais essenciais para qualquer empresa que deseja montar uma equipe alinhada com os seus valores.

A transformação digital e as novas políticas de inclusão social provocaram uma mudança nos perfis dos profissionais de diversas áreas, além de modificar também o modo de atuação do RH, que precisou se adequar a essas novas posturas.

Entre os benefícios de utilizar o processo de recrutamento e seleção para selecionar novos colaboradores, podemos destacar:

  • Diminui o absenteísmo;
  • Diminui da taxa de turnover;
  • Melhora a sucessão de liderança;
  • Maior produtividade e qualidade de trabalho;
  • Maior alinhamento do perfil do profissional à cultura empresarial.

Um profissional formado em gestão de pessoas faculdade possui as habilidades necessárias para realizar esse tipo de processo de acordo com as necessidades e demandas da empresa em que atua.

Para saber mais como funciona esse método e como aplicá-lo em seu negócio, confira os tópicos a seguir.

A diferença entre recrutamento e seleção

O processo de recrutamento e seleção deve ser realizado pelo setor de Recursos Humanos, funcionando como uma gestão de pessoas em startups, com o objetivo de atrair e selecionar profissionais qualificados.

Embora os dois termos sejam citados sempre juntos, o recrutamento e a seleção são duas etapas distintas dentro desse processo. Para entender melhor as diferenças entre eles, confira as características de cada etapa a seguir.

O recrutamento é um processo do RH responsável por atrair candidatos ideias para as vagas disponíveis na empresa. Outro fato interessante é que esse processo também pode ser feito para alimentar o banco de talentos da organização.

Os profissionais formados em faculdade de gestão de recursos humanos ead possuem as habilidades necessárias para realizar esse processo, mas possuir uma especialização em recrutamento pode ser um bônus para ele.

Após o processo de recrutamento de candidatos, um ou mais candidatos são selecionados como os mais qualificados para assumir a vaga durante o processo de seleção. Com o objetivo de contratar a pessoa certa, o processo de seleção pode incluir algumas etapas.

Entre as etapas que podem ser realizadas durante a seleção de pessoas, é possível destacar: testes, vídeos, entrevistas e dinâmicas, individuais ou em grupo, o que pode incluir candidatos da melhor faculdade de gestão financeira.

Dessa forma, podemos concluir que o recrutamento é o processo de seleção de candidatos qualificados para uma vaga, já o processo de seleção realiza a triagem e a escolha final dos candidatos mais qualificados para a vaga.

As fases do processo de recrutamento e seleção

Para colocar em prática o processo de recrutamento e seleção dentro da sua empresa, é preciso organizar uma série de fatores, entre eles:

  • Planejamento;
  • Infraestrutura;
  • Budget disponível;
  • Poder de execução;
  • Equipe responsável.

Para estruturar um bom processo, é fundamental definir as etapas, que vão desde a criação de vagas até o momento de fechar a contratação, passando por um fluxo de atividades e prazos estabelecidos.

Entretanto, é preciso estar atento e otimizar algumas etapas do processo, pois quanto maiores as etapas, mais cansados os candidatos irão ficar, o que pode fazer com que eles percam o interesse em participar até o fim.

Por isso, é preciso que o profissional de RH seja objetivo nas etapas para selecionar os melhores talentos para o seu processo de seleção. Existem diversos testes e dinâmicas para utilizar durante o processo, basta escolher o que melhor atende a sua demanda.

Além disso, não se esqueça de estruturar um processo personalizado para cada tipo de vaga. Cargos diferentes exigem etapas e análises diferentes, pois cada serviço é diferente do outro, o que exige habilidades de um curso gestão de pessoas a distancia.

Para te ajudar a encontrar os candidatos ideias para as vagas disponíveis na sua empresa, confira o passo a passo do processo de recrutamento e seleção logo abaixo.

  1. Atrair os candidatos certos para as vagas

O primeiro passo que deve ser feito é realizar a atração de candidatos, mas antes que você faça posts anunciando a vaga nas redes sociais ou plataformas de emprego, é preciso construir o EVP (Employee Value Proposition) da instituição.

Em tradução para o português, o significado da sigla EVP ficaria algo como “Proposta de Valor ao Colaborador”, prática em que consiste na definição de vantagens que a sua empresa oferece.

Oferecer bolsas de estudo para que o colaborador possa fazer um curso gestão de marketing e vendas, por exemplo, pode fazer parte do seu pacote de benefícios. Estruturar a imagem e benefícios da sua empresa é o primeiro passo para atrair candidatos.

Para que isso ocorra, crie uma imagem atrativa aliada a uma proposta forte, que reúna benefícios diferentes, além de cultura e ambiente de trabalho saudável, com salários competitivos e oportunidades de crescimento.

  1. Identificar os melhores candidatos através da triagem de currículos

Os currículos dos candidatos devem ser analisados de forma que facilite a busca por informações relevantes sobre as suas qualificações. Para essa etapa, é preciso que o RH seja ágil, otimizando o processo de análise.

Para isso, é preciso verificar informações como formação, experiências de trabalho anteriores, se possui qualificações complementares, como um curso de gestão financeira ead, entre outras informações relevantes. 

Para fazer uma triagem eficiente, é preciso seguir as seguintes etapas:

  • Planejamento da vaga;
  • Descrição atraente da vaga;
  • Definição de testes;
  • Aplicação de dinâmicas, painéis e outras etapas;
  • Treinamento de gestores e recrutadores;
  • Planejamento de programas de indicação;
  • Utilização de software para ajudar na triagem.

Cada um desses pontos são cruciais para entender quem é o candidato e quais são suas qualificações, por isso não pule etapas e faça cada passo com calma e atenção.

  1. Fazer uma entrevista objetiva e estruturada

Para realizar uma entrevista estruturada, é preciso criar um roteiro de perguntas elaboradas previamente e aplicá-las igualmente entre os candidatos. Isso possibilita maior objetividade no momento da avaliação das respostas de cada um.

Assim, se você pergunta para um candidato quanto tempo dura a faculdade de gestão de recursos humanos que ele está cursando, deverá fazer a mesma pergunta para os outros, independente do curso que eles estejam fazendo.

As perguntas funcionam como ferramentas de investigação de uma entrevista bem estruturada, e a partir delas são extraídas informações importantes e relevantes sobre os candidatos.

  1. Analisar os indicadores de Recrutamento e Seleção

Os indicadores de desempenho dentro do setor de Recursos Humanos é um recurso vital para avaliar o desempenho da gestão e o crescimento de uma organização. A partir dessas ferramentas, o departamento consegue identificar os pontos de melhoria.

Assim, da maneira correta, é possível indicar para os profissionais quais são os pontos de melhoria que precisam ser feitos, aproveitando assim o máximo do desempenho da equipe, mantendo todos engajados.

  1. Definir a faixa salarial

No momento de estruturar os processos para uma nova vaga, é importante definir a faixa salarial para o cargo que será ocupado. Mas antes, o ideal é pesquisar quanto os seus concorrentes estão oferecendo pela mesma vaga.

Isso porque oferecer um salário abaixo do que é oferecido no mercado pode ser um passo perigoso, fazendo a empresa perder a oportunidade de conhecer excelentes profissionais para outras empresas, devido a questão financeira.

Como utilizar o funil de recrutamento?

O funil de recrutamento é uma representação gráfica de uma estrutura que vai afunilando conforme as etapas do recrutamento vão sendo vencidas. Ele ajuda o recrutador a estruturar todo o processo e controlar da melhor forma cada etapa.

Fatores como a participação dos gestores, o número dos candidatos, os tipos de processos e também a pauta das entrevistas são etapas que devem ser bem estruturadas dentro do funil, o que vai ajudar o recrutador a otimizar os processos.

O funil deve ajudar a aplicar um filtro capaz de selecionar e recrutar da melhor forma os profissionais que irão fazer parte da sua equipe, selecionando o perfil ideal para cada vaga disponível dentro da sua empresa.

Essa sistematização ajuda a escolher melhor as informações que o recrutador deseja visualizar sobre os candidatos, ajudando a montar um processo seletivo humanizado e objetivo, que seja benéfico para todos.

Precisando de contabilidade para cuidar de seus colaboradores? Aqui na Contabilize Digital, você conta com um departamento pessoal completo.