fbpx

Tanto a fatura quanto a nota fiscal são documentos muito comuns e importantes nas vendas de produtos e serviços e transações financeiras feitas por uma empresa.

Alguns, porém, podem se confundir em relação à finalidade de cada um ou mesmo achar que eles são similares.

Quer tirar as suas dúvidas sobre fatura e nota fiscal? Confira detalhes sobre cada um desses documentos neste artigo.

O que é uma fatura?

A fatura é um documento no qual traz informações sobre a transação comercial. Embora possa ser usada por uma empresa para controlar suas movimentações financeiras, a fatura não recolhe impostos.

Os dados que integram uma fatura são normalmente os seguintes:

  • Data de emissão
  • Número da fatura
  • Valor da prestação de serviços ou da transmissão de bens
  • Nome ou denominação social do destinatário e do fornecedor de bens ou serviços
  • Número de Identificação Fiscal (NIF) do fornecedor de bens ou prestador de serviços
  • Número de Identificação Fiscal (NIF) do destinatário de bens ou serviços
  • Denominação e quantidade dos bens ou serviços
  • Taxas aplicáveis.

O que é uma nota fiscal?

A nota fiscal, por sua vez, é um documento obrigatório em que as empresas precisam ter um registro da transação referente a um produto ou serviço. MEIs e autônomos só precisam da nota fiscal caso façam uma venda para outra pessoa jurídica.

Os principais tipos de notas fiscais são a Nota Fiscal de Consumidor Eletrônica (NFC-e), emitida nas vendas diretas aos consumidores finais, substituindo o cupom fiscal; Nota Fiscal Eletrônica (NF-e): versão digital da nota fiscal impressa; e Nota Fiscal de Serviços Eletrônica (NFS-e): versão eletrônica da nota fiscal impressa para prestadores de serviços.

É por meio da nota fiscal que o Fisco recolhe os impostos comerciais. Para isso, o documento deve conter:

  • Número de ordem e série
  • Natureza da operação
  • Data de emissão
  • Identificação do titular (nome, endereço, inscrição estadual e CNPJ)
  • Data de saída das mercadorias
  • Identificação do destinatário (nome, endereço, inscrição estadual e CNPJ)
  • Detalhamento das mercadorias vendidas (quantidade, marca, tipo, modelo etc)
  • Dados sobre o transportador dos produtos
  • Informações referentes ao recolhimento dos tributos
  • Forma de acondicionamento dos itens.

Precisa de ajuda? fale agora com nossos especialistas, ou acesse: Contabilize Digital